Menu

Iara

Current, Digital

Iara

Iara

This year we are thrilled to be collaborating with LABVERDE as part of the Programa Pontes Oi Futuro, supported by the British Council. 

LABVERDE are the curators of an extraordinary Art Immersion Program in the Amazon which functions as a multidisciplinary platform for the development of nature and ecology critical thinking. 

This new artwork Iara looks to understand the life cycle and stories of the Macacarecuia tree (Eschweilera tenuifolia), a tree species of the igapó forests (seasonally-flooded forests on the margins of blackwater rivers flooded forests) and one of the oldest trees in the Amazon, approximately 1200 years old. The Macacarecuia tree is an extremely slow growing species and lives up to 10 months of the year submerged in water as the annual freshwater flooding fills and drains the plains where it grows. It is an endemic species of the Amazon water basin and it is highly abundant along the Black River.

Together with scientists Jochen Schongart and Ricardo Perdiz we are exploring what more we could understand and uncover about this tree, how it pollinates to survive over centuries, how the hydrocycle is being affected by climate change and how hydro dams are altering the natural flood pulse of these landscapes. Through an immersive artwork using different technologies we will communicate our findings.

Este ano, estamos entusiasmados em colaborar com o LABVERDE no âmbito do Programa Pontes Oi Futuro, apoiado pelo British Council.

LABVERDE são os curadores de um extraordinário Programa de Imersão em Arte na Amazônia que funciona como uma plataforma multidisciplinar para o desenvolvimento do pensamento crítico sobre natureza e ecologia. 

Esta nova obra de arte, chamada Iara, em homenagem a mãe das águas da Amazônia,  busca entender o ciclo de vida e as histórias da árvore Macacaricuia, uma árvore de inundação da várzea (florestas inundadas pelo rio) e uma das árvores mais antigas da Amazônia, com aproximadamente 1000 anos. A árvore Macacaricuia tem um crescimento extremamente lento e vive até 10 meses do ano submersa na água enquanto a enchente anual de água doce enche e drena as planícies onde ela cresce.

Junto com os cientistas Jochen Schongart e Ricardo Perdiz, estamos explorando o que mais poderíamos entender e descobrir sobre esta árvore, como ela é polinizada para sobreviver ao longo dos séculos, como seu ciclo está sendo afetado pelas mudanças climáticas e como as hidrelétricas estão alterando o pulso de inundação natural de seu habitat. Através de uma arte engajada e com o uso de novas tecnologias, comunicaremos nossas descobertas.

B IrYdIQ scaled
LAB2
OI_LOGOONE
OILOGO2
Seeapilheira

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!